quarta-feira, 15 de julho de 2009

Raikkonen deixará a F1.

Kimi Räikkönen, que nos últimos meses vinha manifestando mais ânimo com as corridas de Rali que participa do que com a Fórmula 1, deixará a scuderia Ferrari. É o que noticia hoje a imprensa especializada.


A Ferrari que normalmente não permite que seus pilotos se dediquem à outras modalidades, abriu exceção para Räikkonen, que competirá no Rali da Finlândia com um Fiat Grande Punto S2000.



Especula-se que Kimi, o 'Iceman' das campanhas publicitárias, dará seu lugar a Fernando Alonso como principal piloto da equipe italiana.


Assistindo o GP da Alemanha, domingo passado, tive que escutar o Excelentíssimo Sr. Galvão Bueno dizer que Kimi só se sagrou campeão mundial de F1 em 2007 'circunstancialmente'. Porque afinal, segundo ele, aquele era o ano do Felipe Massa. Então quer dizer que todos os pontos somados durante a temporada inteira por Räikkönen não passam de caprichos circunstanciais do destino? Se na final o brasileiro teve problemas com o carro, Kimi soube aproveitar 'as circunstâncias' e fez o que tinha que ser feito: vencer.

Galvão é um sujeito conhecido por falar besteiras, principalmente nos momentos em que só ele não está informado sobre o assunto, e ser sempre, sempre puxa-saco dos brasileiros, mesmo que estes estejam sempre em posições coadjuvantes ou sejam seus filhos. Enfim...



Mesmo que Kimi seja um tanto taciturno, não goste de dar entrevistas e demonstre muito pouco seus sentimentos diante dos olhares do público, ele não deixa de ser um piloto ousado e competente.




Falando em ousadia, Vettel foi para o pódio mais uma vez, terminando a prova na 2° posição. E a novidade do GP de Nürburgring, na Alemanha desse ano foi a primeira vitória do experiente Mark Webber que aproveitou um erro na parada no box de R. Barrichello, da Brawn . O brasileiro Felipe Massa terminou em 3°.

Um comentário:

  1. Pois é, Kimi foi campeão por que teve sorte: estava prepado e teve a oportunidade!

    Interessante uma mulher que se interesse me falar sobre F1! Muito boa a matéria.
    Vamos ver se o campeonato começa a pegar fogo... torço pelo Vettel, se bem que faço gosto do Button!

    Bjão

    ResponderExcluir